Nota

Dirce Tangará Militello

Começamos a pesquisa pelo comecinho mesmo. No final da década de 80, Dirce Tangará Militello idealizou o projeto do “Estacionamento de Trailers para Circenses” que anos mais tarde, após a sua morte, foi concretizado pelo SATED, Sindicato de Artistas e Técnicos em Espetáculos. Fomos ouvir Paulo Delmondes que atualmente integra a diretoria executiva do SATED e foi amigo pessoal de Dirce. Paulinho participou da implantação do projeto do estacionamento de trailers do bairro do Limão e acompanhou de perto tudo o que aconteceu no terreno.

Paulinho é uma figura muito amorosa. E é tanto amor junto que quando vai falar, tudo quer sair ao mesmo tempo. Amor pelo Dover Tangará, pela Dirce, sua “segunda mãe”, pelo seu trabalho, pelo teatro, pelo circo, pelas artes. Contou com muito orgulho que conheceu Dirce quando atuaram juntos no espetáculo Gota D´àgua, em 1975. Dirce era Stella, Bibi Ferreira era Joana, e Francisco Milani era o Jasão. Paulinho entrava na cena da macumba, ficava uns três minutos balançando os chocalhos em cena e saía renovado. É encantador ouvi-lo contar essas histórias. Sua entrevista foi num cantinho do SATED que parecia estar pronto e preparado pra isso, com diversas imagens de atores e atrizes atuando no cinema e no teatro.

Eram tantos papeis, tantos documentos, tantos livros e arquivos que nos perdíamos ali no meio. Segundo Paulinho, além de papéis, ali tem também muitos espíritos e de vez em quando ele escuta vozes. Mas o que em princípio assustaria, não assustou, que venham os espíritos dos artistas e fiquem bem pertinho pra inspirar. Cacilda Becker, Dercy Gonçalves, Piollin…!

Paulinho contou sobre sua relação com os circenses e seu trabalho no SATED. Diz que é muito difícil orientar alguns artistas nessas questões de documentos, papéis etc. “Muitas vezes aparecem circenses que querem se aposentar, chegam dizendo – Já trabalhei 50 anos no circo! Mas ele nunca contribuiu! Nunca pagou impostos! Então, como vai se aposentar?” Essas questões burocráticas são mais difíceis para alguns artistas compreenderem. Conta que Dirce foi uma pessoa muito importante na luta pelos direitos dos artistas circenses e fala que a amiga sempre contava histórias sobre a vida no circo “Vendíamos o almoço, para comer a janta. Se não tinha espetáculo por causa da chuva, não tinha comida também.” Conta que Dirce dizia que casa onde não tem comida, não tem saúde. E por isso sempre oferecia muita comida para todos que iam a sua casa. “Ninguém saía de lá sem tomar um café ou comer um biscoito.” Foi “uma pessoa muito generosa, sua casa estava sempre cheia de gente.”.

O SATED é um lugar mágico, talvez porque guarde muitas coisas mágicas. Fomos para ouvir o depoimento do Paulinho e ouvi-lo contar o que sabia sobre Dirce Militello e acabamos ganhando uma surpresa,  Beto, filho da Dirce, apareceu por lá. Que coincidência! Sim, tínhamos começado a pesquisa e já intuíamos que muitas coisas mágicas estavam por vir…!

http://youtu.be/Axv1L2mB4Qc

Priscila Jácomo

SATED – Sindicato de Artistas e Técnicos em Espetáculos de Diversões no Estado de São Paulo

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s