O grande encontro

Não conhecia Dover Tangará pessoalmente. Havíamos conversado sobre sua história em reunião e eu já havia lido o livro que Eduardo Rascov escreveu sobre ele “O Filósofo Voador”.

Estava na cozinha do posto de saúde, quando duas enfermeiras entraram rindo. “Desculpa, estamos rindo do paciente, a gente sabe que é errado, mas ele está com um chapéu… Quem é? O Dover.”

E eu falo, podem rir! Ele foi palhaço! Ele é de uma família tradicional de circo muito reconhecida, foi um trapezista muito famoso!

E encontro com aquela figura excêntrica com um chapéu de oncinha combinando com um terno cinza. Apresento-me e comento sobre o quanto estou feliz em conhecê-lo. Falo que soube de sua história, que li o livro e que tinha ficado muito emocionada, porque além de fono eu era também palhaça. E conversamos muito. Num consultório médico discutíamos projetos artísticos. E as enfermeiras, ouvindo tudo, ficaram encantadas e não sabiam que tinham um artista tão importante como paciente. Ele dizia que tinha ido ao Posto tomar a injeção dos velhinhos. Mas falamos de circo, de teatro e de amigos em comum, de palhaços como o Biribinha, o Biriba, a família Colombaione. E ele me apresentou projetos, que como produtora ouvi atentamente. Dizia que queria montar a Paixão de Cristo no Memorial da América Latina. Que precisaria de um elenco de 500 pessoas, mas que o jumento ele já tinha conseguido com um amigo no Centro de Tradições Nordestinas. Eu, ouvindo aquele projeto mirabolante, comecei a tentar reduzir os custos, como qualquer produtora. Quinhentas pessoas Dover, vai ficar muito caro! Precisaremos de um patrocinador importante! Ele é um artista que tem um sonho gigante. Sim, ele estava sonhando demais, imaginando demais, como todo artista… Fico pensando o que é ter muito dinheiro para criar estes espetáculos grandiosos, com palcos que giram e pessoas que são içadas por cabos de aço. Nestes circos com grandes patrocinadores o sonho pode efetivamente virar realidade. Nada é loucura demais!  Nos faltava apenas os grandes patrocinadores…! E nosso encontro termina com um convite, eu estava atuando como atriz numa peça em temporada no CCSP e coloquei na minha lista de convidados: Dover Tangará

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s